Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘dicas’ Category

Nos últimos dias tenho lido muito sobre esmaltes em blogs, as tendências, e fiquei tão viciada que comprei alguns pra minha humilde coleção. Eu já tive a fase do renda, depois dos rosinhas, até descobrir o poder de um vermelho e, por fim, os coloridos. Algumas das minhas aquisições jão são esmaltes conhecidos, nada de novo, mas que eu adoro…mas vamos a eles:

Coloroma

Nude, Atrevida, Rosa Chiclete e Vermelho Ivete

Nude: Esse esmalte não é novidade, mas nunca tinha dado muita atenção para o hit do momento, a cor nude. Resolvi comprar e assim que usei, notei que ele não é bem nude (que seria tipo bege), ele parece mais um rosa desbotado, principalmente em pele clara, como a minha. Outros blogs também tiveram a mesma opinião.

Atrevida: Esse esmalte é da Coleção Glam da Colorama, da primavera-verão 2010. Também não é novidade, mas é uma cor que eu adoro e vejo várias gurias viciadas. É estilo coral, só que mais puxado pro rosa, e com um brilho super bonito por ser verniz e cor, e não o cremoso.

Rosa Chiclete: Ainda dessa mesma coleção, esse esmalte é pra quem ama os rosas radiantes. É lindo também, e um dos meus preferidos na categoria do rosa.

Vermelho Ivete: Não é porque tem nome de cantora que a gente precisa comprar e gostar do esmalte né? Mas ainda sim, esse vermelho, apesar de básico e parecido com muitos outros, é bem bonito e um dos meus vermelhos preferidos.

Impala

L´amore, Jackie e Tomate

L´amore: Da coleção Muito Luxo outono-inverno 2010, essa cor é linda. Ainda não testei, mas a descrição diz se tratar de um rosa escuro cremoso. Vi em outros blogs e fiquei bem curiosa. Mas até parece mais puxado pro roxo né?

Jackie: Esse é da coleção Divas outono-inverno 2009. O Jackie foi um dos queridinhos do inverno passado, mas só agora dei atenção pro dito cujo. No vidrinho ele até parece meio cinza, sem graça, mas é um marrom, tipo chocolate. Eu até tô com ele nas unhas, passei duas mãos e o roxinho da colorama pra dar um brilho e ficou perfeito! Ainda não sou grande adepta dos marrons, mas gostei bastante desse.

Tomate: Esse foi o primeiro vermelho que usei nas unhas. Eu disse pra manicure: “quero usar um vermelho, mas não tipo rebu, quero um bem vivo, com uma cor mais aberta”. O resultado: Tomate! E adorei, tanto que de início só usava essa cor. Pra quem tem pele clara, como eu, fica lindo!

Panvel

Holiday, Topazio, Violet e Trufa

Holiday: Ainda não testei nenhum dos esmaltes da Panvel que comprei. Esse é um rosa, meio coral, meio laranja, pelo que vi nas unhas da minha mãe, que adorou a cor.

Topazio: Pras fãs do laranja, como eu, fica a dica desse esmalte. Pelo que vi em blogs, é uma cor bem vibrante e bem aberta. Tô louca pra testar!

Violet: Confesso que a cor do vidrinho parece um roxinho, bem sem graça, mas na mão fica outra coisa. Minha mãe já usou e ele parece um roxo, quase um rosa antigo, bem meigo.

Trufa: Essa cor faz parte da nova coleção da Panvel, para o inverno. Conforme descrição do próprio blog da marca, o Trufa é um marrom “intenso e cheio de vida”. Curiosa? Eu também!

Esses são alguns dos esmaltes que estavam na minha listinha e finalmente consegui comprar. Fica a dica pras gurias loucas por esmaltes! Assim que der, posto fotinhos de todas as cores, nas unhas!

Anúncios

Read Full Post »

Hoje se comemora o dia do livro, e um dos motivos para a escolha do dia 23 de abril é a morte de dois grandes autores no ano de 1616: William Shakespeare e Miguel de Cervantes. E foi assim que, a partir de 1926, a UNESCO tornou o dia 23 de abril no Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor.

Eu sempre tive interesse em livros, desde criança, quando minha madrinha que trabalhava na editora L&PM me presenteava com os mais diversos livros. O gosto pela leitura foi crescendo, e hoje leio diversos livros por ano, só ano passado foram mais de 30…sou quase “uma menina que devorava livros”. Até fiz um post sobre os melhores livros que li em 2009, dando algumas dicas.

São muitos os livros e autores que me marcaram, não conseguiria aqui fazer uma lista, mas ficam algumas dicas:

– Sidney Sheldon (vários dele..)

– Gabriel García Márquez (Cem anos de Solidão, Crônica de uma morte anunciada, O amor nos tempos de cólera..)

– Martha Medeiros (amo as crônicas dela..)

– A menina que roubava livros (Markus Zusak)

– A sombra do vento (Carlos Ruíz Zafón)

– A cidade do sol (Khaled Hosseini)

E, em tempos de estréia de Alice no País das Maravilhas, fica também a dica do livro de Lewis Carroll.

Deixe aqui também as suas dicas e boa leitura 😉

Read Full Post »

Para quem não gosta de listas, esse não é o melhor momento de visitar meu blog. Com o início de 2010, ainda estou na onda de retomar 2009 e fazer listas do que teve de bom e ruim. Já falei de seriados, agora chegou a vez de falar de outra grande paixão minha: LIVROS.

Quem me conhece sabe: é difícil me ver sem que eu esteja com um livro nas mãos, na bolsa ou por perto. Sou uma devoradora de livros, sem querer parecer uma pseudo intelectual. Leio de tudo, sem preconceitos. O que cai nas minhas mãos eu leio, de José Saramago à Stephenie Meyer. Só no ano passado li 33 livros.

É inevitável falar de livros no ano de 2009 sem lembrar da saga Crepúsculo, escrita por Stephenie Meyer. Os 4 livros figuram em diversas listas dos mais vendidos de 2009, como na da Veja. Se formos contar ainda a lista feita pelo jornal americano USA Today dos 10 livros mais vendidos da década, só dá J. K. Rowling e Stephenie Meyer, com exceção do Código da Vinci, de Dan Brow.

1. “Crepúsculo”, Stephenie Meyer
2. “O Código da Vinci”, Dan Brown
3. “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, J.K. Rowling
4. “Lua Nova”, Stephenie Meyer
5. “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, J.K. Rowling
6. “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, J.K. Rowling
7. “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, J.K. Rowling
8. “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, J.K. Rowling
9. “Eclipse”, Stephenie Meyer
10. “Harry Potter e a Câmara Secreta”, J.K. Rowling

Adoro os filmes do Harry Potter e no ano passado decidi ler os livros. Consegui ler do 1º ao 5º, os dois últimos pretendo ler agora nas férias. Mas é uma série que eu recomendo.

Já os fãs de Crepúsculo que me desculpem, os livros até são bons, mas não é pra tanto. Eu decidi ler os 4 livros porque tava cansada de ouvir:

-Tu já leu os livros do Crepúsculo?

Pois bem, agora posso dizer: – sim. E digo mais: são livros bons para quem lê, de tudo, sem preconceito. É uma leitura para as férias, para a beira do mar, ou para quem está descansando na rede. Nada mais. Eu não os compraria e nem faço questão de tê-los na minha estante, porém também não os desprezo. Até recomendo, afinal, você não vai querer ser o único a não saber quem são Bela e Edward, vai?

Ainda da minha listinha pessoal, faço as seguintes recomendações:

  • Martha Medeiros: Eu adoro as crônicas dela, e foi uma delícia ler Doidas e Santas (que eu comprei) e Montanha-russa (que eu ganhei). São livros só de crônicas, ou seja, a leitura é rápida e gostosa. Para quem curte, fica a dica.

  • Stephen King: sou fã dele. Adoro ler os livros e depois ver as adaptações no cinema. No início de 2009 li o livro de contos Tripulação de esqueletos (que um amigo me emprestou). Quis ler este livro em especial porque tinha o conto O nevoeiro, cujo filme, de mesmo nome, é fantástico. Recomendo ambos: livro e filme.

  • Letícia Wierzchowski: essa gaúcha ficou realmente conhecida na literatura depois de escrever o romance A casa das Sete Mulheres, que virou minissérie na Rede Globo. Anos atrás li o livro, porém no ano passado li a sequência Um farol no pampa e adorei. Para quem leu o 1º, fica a dica. É muito bom!

  • Lygia Fagundes Telles: Ganhei o primeiro livro dela, Ciranda de Pedra, de 1954, e resolvi ler pra ver. Adorei! A história é muito boa e os personagens muito bem desenvolvidos. Para quem gosta de literatura boa e brasileira, recomendo.

  • John Boyne: Talvez você não conheça o autor, eu não conhecia, mas você já deve ter ouvido falar do livro O menino do Pijama listrado. Eu assisti o filme e fui logo correr atrás do livro. Não me decepcionei. Quando terminei fiquei até com gostinho de “quero mais”. Por mim, o livro poderia ter bem mais páginas e detalhes, mas para quem sentir falta de algo, recomendo além do livro, o filme.

  • José Saramago: este premiadíssimo escritor português me rendeu uma ótima leitura no ano de 2009. Assim como em outros casos, assisti o filme Ensaio sobre a cegueira, para depois curtir a leitura. A semelhança do filme com o livro é fantástica, uma leitura e tanto. Impossível não recomendar.

Essas são as minhas dicas de leitura, enquanto isso, já estou fazendo a minha lista de livros para ler em 2010. Alguma recomendação? Deixe suas dicas aqui! Compartilhe! E boa leitura.

Read Full Post »

No blog Fora de Série o post “Badulaque para seriadomaníaco” dá duas dicas de presentes para quem é fã de séries. As dicas vieram de uma seleção do 10000 words, “30 presentes para se dar a jornalistas“.

Dessa lista selecionei os mais interessantes:

Com essas etiquetas você vai deixar bem claro frases do tipo: “Eu tenho certeza que esta não é a sua sacola/bolsa” e “esta é a minha sacola/bolsa”.

“Crime scene: do not cross”. Quem não iria querer usar uma manta dessas? Super divertida!

Para quem viaja bastante, esse “kit conforto” é o ideal! Vem com travesseiro inflável, tampões de ouvido, proteção para os olhos, para quem não consegue dormir com a claridade…enfim.

Se a pessoa que você quer presentear gosta de chocolate e criatividade, esse é o presente perfeito: um chocolate em forma de gráfico, com 3 sabores diferentes. Esse eu quero!

Quem não iria adorar ganhar esse travesseiro super criativo para curtir um filme, seriado, ou, até mesmo, pra dormir?

Esse também é bem criativo, agora você pode ter seu gelo personalizado: com as letras do alfabeto!

Na seleção tem muitas outras dicas, algumas bem mais caras, lógico. Boas compras e um Feliz Natal cheio de presentes legais e criativos como esses pra vocês!

Read Full Post »