Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Operação Presente’

Depois de meses com o blog parado, decidi que depois da palhaçada que o Cinesystem de São Leopoldo me fez passar hoje de tarde, ele merecia uma nova chance. Pelo menos um post. Pra quem não sabe, já escrevi um post reclamando sobre o cinema em outra ocasião. Na época recebi um retorno do então gerente, Oberli, que me garantiu que mudanças estavam sendo feitas. Neste meio tempo, entretanto, aconteceram mudanças na gerência e os problemas persistiram.

Mas vamos ao problema em questão. Prometi para a minha afilhada que se ela passasse de ano eu a levaria ao cinema pra assistir Operação Presente. Trato feito, fui pesquisar os horários do filme no site. Até a data de ontem, 20, constavam dois horários, mas ao clicar no dia de hoje, 21, vi que restava apenas uma sessão do filme, às 13h40min, devido à estreia de Missão Impossível, que aconteceu hoje. Fiquei chateada pela falta de opções de outros horários e também pelo fato de o único filme infantil, e com temática natalina, perder tanto espaço para outros filmes, mas até aí tudo bem. Decidimos ir mesmo assim. Um pouco antes de sair de casa ainda conferi os horários e lá fomos nós.

Chegamos no shopping de S.L. às 13h20min, onde pelo menos dez pessoas já aguardavam na fila da bilheteria. Assim que iniciaram o atendimento ouvi a primeira mulher da fila dizer: “Como assim não vai ter exibição do filme?”. Eu, pouco curiosa e metida, questionei qual o filme a que eles estavam se referindo e adivinhem? Era Operação Presente! A mulher se alterou e logo começou um barraco, e com razão, afinal ela veio de POA só pra conhecer o shopping e levar o filho no cinema. Logo um outro funcionário (que depois mais tarde eu descobriria ser o gerente) chegou para tentar resolver o problema. Aí que a coisa ficou feia.

A essa altura grande parte da fila descobriu que o filme que eles queriam ver não seria exibido. O zum zum zum foi geral, pois a maioria já estava na fila há um bom tempo e não havia nenhum comunicado sobre essa troca de horário. Pior do que isso, na própria bilheteria tinha um banner bem grande do filme Operação Presente, e no próprio “mural” onde ficam expostos os cartazes dos filmes que estão passando, lá estava ele, novamente.

Eu prontamente saí da fila e fui até lá, junto com duas outras mulheres, pra tentar conversar com o funcionário e descobrir o problema.

***

#ERRO 1

Argumentamos para o tal funcionário que no jornal, nos panfletos do cinema e no site constava o horário das 13h40min para o filme no dia de hoje. Ele explicou que com a estreia de Missão Impossível as sessões tinham sido alteradas e que teríamos visto os horários errados. Reforçei que eu tinha consultado o site 15 min. antes de sair de casa e ele, no auge da sua sabedoria, insinuou (pra não dizer afirmou) que eu teria acessado o site errado. Perguntou duas vezes se eu acessava o cinesystem.com.br.  Acreditam nisso? Quem é que tenta colocar a culpa no cliente dizendo que ele provavelmente acessou o site errado? Pra minha felicidade ele entrou no site e verificou que este estava mesmo errado e que nós tínhamos razão.

#ERRO 2

Ao descobrir que não éramos idiotas que não sabem digitar o endereço de um site, ele tentou apelar para a frase que estava escrita no panfleto: “A programação poderá ser alterada sem aviso prévio”. Ok, mas e o site? Se eles já sabiam dessa mudança, por que não atualizar o site imediatamente? Segundo o gerente isso não era responsabilidade dele, era a equipe de marketing (ou seja lá quem for) que atualizava o site. Mas se eles, no Cinesystem de S.L., alteram algum horário isso deveria ser comunicado para os responsáveis pelo site, twitter, facebook, etc…não?!

#ERRO 3

Além disso, ele falou que jornal, panfleto e site nem sempre eram confiáveis, que o melhor era ligar pro disk programação ou ir até lá. Sério isso? Agora não podemos confiar nos horários que eles nos fornecem e se formos até lá e algo tiver sido alterado temos que simplesmente aceitar?

#ERRO 4

Se o filme saiu de cartaz, a primeira coisa que eles deveriam ter feito era tirar o banner da bilheteria e o cartaz do mural de filmes em exibição.

#ERRO 5

Quando acontece uma alteração na programação, como essa, imediatamente um cartaz deveria ser colocado explicando a situação. Ou então algum funcionário deveria se responsabilizar para explicar às pessoas da fila, e não deixá-las esperando um tempão até chegar no caixa para descobrir que o filme não será exibido. Total falha de comunicação.

#ERRO 6

Último e, provavelmente, o mais grave. Em NENHUM momento o gerente pediu desculpas pelo transtorno, na verdade, ele demorou um bom tempo para reconhecer que um erro (ou vários) tinha sido cometido. Ele tentou, de todas as formas, tirar o dele da reta e botar a culpa nos próprios clientes ou então em outros funcionários, que estariam acima dele e seriam os verdadeiros responsáveis. Em nenhum momento ele se identificou como o gerente do Cinesystem de S.L, o funcionário estava mais preocupado em discutir com a mulher que fazia o barraco e argumentar que ela estava sendo mal educada e que ele não merecia ouvir aquilo.

***

Não quero que pensem que sou uma pessoa reclamona, que briga por qualquer coisa, porque não é o caso. Mas não acho justo passar por situações como essa e simplesmente não fazer e não falar nada. Espero que o Cinesystem assuma seus erros, busque ouvir mais os clientes e faça melhorias, porque a situação está crítica. É só o que eu tenho a dizer. Por enquanto…

Read Full Post »